A formação do músico católico é fundamental e a pedra principal é sua obediência e concordância litúrgica.

PESQUISA

Carregando...

domingo, 26 de abril de 2015

A DOUTRINA DO PURGATÓRIO

Desde os primórdios a Igreja, assistida pelo Espírito Santo (cf. Mt 28,20; Jo 14,15.25; 16,12-13), acredita na purificação das almas após a morte, e chama este estado, não lugar, de Purgatório.
Ao nos ensinar sobre esta matéria, diz o nosso Catecismo:
“Aqueles que morrem na graça e na amizade de Deus, mas imperfeitamente purificados, estão certos da sua salvação eterna, todavia sofrem uma purificação após a morte, afim de obter a santidade necessária para entrar na alegria do céu.” (CIC, §1030)
Logo, as almas do Purgatório “estão certas da sua salvação eterna”, e isto lhes dá grande paz e alegria. Falando sobre isso, disse o Papa João Paulo II: “Mesmo que a alma tenha de sujeitar-se, naquela passagem para o Céu, à purificação das últimas escórias, mediante o Purgatório, ela já está cheia de luz , de certeza, de alegria, porque sabe que pertence para sempre ao seu Deus.” (Alocução de 03 de julho de 1991; LR n. 27 de 07/7/91).

sexta-feira, 24 de abril de 2015

8 PASSOS PARA CELEBRAR BEM

1º) Pedir as luzes do Espírito Santo

A reunião para a preparação da celebração deve começar, antes de tudo, com uma súplica ao Espírito Santo. É ele que age na celebração litúrgica. Por isso, é a ele também que devemos pedir as luzes quando nos reunimos para preparar a celebração. Trata-se de um passo fundamental. Sem ele, correríamos o risco de preparar celebrações cheias de sugestões e criatividade, mas vazias de espiritualidade. Portanto, iniciar a reunião com uma oração (espontânea ou recitada) ou com algum canto ao Espírito Santo (A nós descei; Vem, Espírito Santo, vem...).

2º) Avaliar a celebração passada

Nada é perfeito. Estamos sempre nos aperfeiçoando. É o caminho da conversão evangélica. Também nas celebrações. Por isso, no passo seguinte, faz-se a memória da última celebração em que a equipe atuou, com o objetivo de melhorar as seguintes.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

TROFÉU LOUVEMOS O SENHOR 2015


História

A música católica a cada dia tem conquistado novos espaços nos meios seculares, indo além dos muros da Igreja. Os cantores, compositores e músicos tem difundido a riqueza, cultura, liturgia e o jeito do cristão viver a sua Fé por meio de músicas que animam, encantam e levam a oração aos fieis de todo mundo.

É nesse ambiente de graças e conquistas que surge o Troféu Louvemos o Senhor, o maior prêmio nacional da música católica. Desde 2009 premiando e valorizando a música católica brasileira. Produzido pela Associação do Senhor Jesus, e com transmissão gerada pela Rede Século 21 e transmitidas pelo pool de emissoras católicas, o prêmio chega anualmente aos quatro cantos do país.

“Eu sempre acreditei na música católica, na sua qualidade e cultura” afirma o idealizador do Troféu Louvemos o Senhor, Ricardo Mari.

terça-feira, 21 de abril de 2015

NÃO DESANIME DIANTE DAS TEMPESTADES DA VIDA

Vencendo as tempestades da vida


Podemos andar por cima de nossos problemas sem nos deixar amedrontar pela tempestade
No Evangelho de São Mateus, há um fato muito interessante: após a multiplicação dos pães, Jesus despediu-se dos apóstolos e foi rezar no alto do monte. Eles, que estavam num barco, perceberam a agitação da embarcação devido à grande tempestade e ficaram apavorados. De repente, viram alguém caminhando sobre o mar: era o Messias.
Não imaginando que fosse Jesus, eles ficaram ainda mais amedrontados e soltavam gritos de terror: “É um fantasma!”. Mas logo o Senhor lhes disse: “Confiança! Sou eu. Não tenhais medo” (cf. Mt 14,27).