A formação do músico católico é fundamental e a pedra principal é sua obediência e concordância litúrgica.

PESQUISA

Carregando...

domingo, 2 de agosto de 2015

O QUE A IGREJA ENSINA SOBRE A MORTE?

A Igreja ensina que, em consequência do pecado original, o homem deve sofrer “a morte corporal, à qual teria sido subtraído se não tivesse pecado” (Gaudium et Spes, 18; Gn 2,17). Não passaríamos pela morte como ela é hoje se não houvesse o pecado.
A Igreja reconhece que “é diante da morte que o enigma da condição humana atinge o seu ponto mais alto” (idem). São Paulo ensina que “o salário do pecado é morte” (Rm 6, 23); é dele que advém todo sofrimento da criatura humana; mas que para os que morrem na graça de Cristo, é uma participação na morte do Senhor, a fim de poder participar também de sua Ressurreição (Rom 6, 3-9).

XVIII DOMINGO DO TEMPO COMUM (ANO B)

RITOS INICIAIS

 Salmo 69, 2.6
ANTÍFONA DE ENTRADA: Deus, vinde em meu auxílio, Senhor, socorrei-me e salvai-me. Sois o meu libertador e o meu refúgio: não tardeis, Senhor.
Introdução ao espírito da Celebração
Todo o homem tem anseio de felicidade e procura-a geralmente em coisas materiais: prazeres, passeios, bebidas, festas, boa comida, sexo… mas acaba por reconhecer que continua insatisfeito.

sábado, 1 de agosto de 2015

O CANTO NA MISSA SEGUNDO AS NORMAS DO RITO ROMANO - TEORIA E PRÁTICA

Missa cantada e Missa rezada

Na tradição litúrgica do rito romano, a Missa pode ser rezada ou cantada.

Pelas normas antigas, vigentes hoje extraordinariamente para quem celebra a Missa no rito romano tradicional, a Missa rezada não poderia ter parte alguma cantada, embora pudesse ser acompanhada de cantos em alguns momentos. E a Missa cantada, em sentido amplo, chamada de Missa alta, poderia ser a Missa cantata (Missa cantada, em sentido estrito) e a Missa sollemnis.

A PODEROSA ORAÇÃO QUE ESTÁ TRANSFORMANDO OS CASAIS

Para rezar com fé e compartilhar com outros casais cristãos

Se alguém lhe dissesse que existe algo que você pode fazer e que é capaz de garantir que seu casamento durará a vida toda, e que isso só exige 5 minutos do seu dia, você não faria?

Que tal experimentar? A oração que apresentaremos a seguir pode ser rezada diariamente pelo casal, com muita sinceridade de coração.

sexta-feira, 31 de julho de 2015

IDADE MÉDIA, SIM OU NÃO?

D. Estevão Bettencourt
(Fonte: Pergunte e Responderemos 454 – pp. 109-124)
Retirado de:  Clerus

Discute-se:
Em síntese: A Idade Média (476-1453) é período execrado por uns e enaltecido por outros. As páginas subseqüentes demonstram que foi uma fase valiosa da história da humanidade, pois a civilização ocidental, hoje hegemônica, foi então preparada; os medievais souberam salvar quanto de válido tinha a cultura greco-romana e desenvolvê-lo em perspectiva cristã, lançando as bases para a civilização moderna.

O PÃO DA VIDA

No Evangelho de João, o dom da eucaristia não é apresentado durante a última ceia, como encontramos nos evangelhos sinóticos. O autor do quarto evangelho insere o tema da eucaristia num discurso de Jesus por ocasião do sinal da multiplicação dos pães. Sendo o Evangelho de João datado pelos exegetas na década de 90 d.C., podemos pensar que as comunidades cristãs já se reuniam por mais de 50 anos para celebrar a ceia do Senhor – o testemunho escrito mais antigo parece ser o de São Paulo, na década de 50 d.C. (1Cor 11,17-34). Qual seria, então, a razão para João escrever esse discurso sobre o pão da vida?

quarta-feira, 29 de julho de 2015

GUARDAR DOMINGOS E FESTAS

Pe. Demétrio Gomes
O cânon 1247 do Código de Direito Canônico especifica o conteúdo do terceiro mandamento da Lei de Deus para os fiéis: No domingo e nos outros dias de festa de preceito, os fiéis têm a obrigação de participar da Missa; além disso, devem abster-se das atividades e negócios que impeçam o culto a ser prestado a Deus, a alegria própria do dia do Senhor e o devido descanso da mente e do corpo.