A formação do músico católico é fundamental e a pedra principal é sua obediência e concordância litúrgica.
CASO O PLAYER DE ÁUDIO NÃO CARREGUE, ATUALIZE O NAVEGADOR ATÉ QUE SEJA ATIVADO O botão "PLAY".

terça-feira, 10 de novembro de 2015

FESTA DA UNIDADE

A Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro prepara dois grandes eventos no próximo dia 21 de novembro. É a terceira edição da Festa da Unidade, que reúne todas as paróquias da cidade, com momentos de testemunhos, pregações, oração e missa, no encerramento do Ano da Esperança, na Catedral Metropolitana, às 14h. E o segundo Rio em Comunhão, uma série de shows, nos Arcos da Lapa, a partir das 18h. Em procissão, o público sai da Catedral em direção a Lapa, onde um palco recebe grandes vozes e artistas católicos. Serão mais de 20 músicos católicos na Lapa.
“Vamos celebrar a unidade e comunhão da nossa arquidiocese", afirma o arcebispo do Rio, cardeal Orani João Tempesta. "A unidade é fundamental no trabalho evangelizador e pastoral. Queremos estar todos unidos para agradecer o ano que passou e pedir forças para começar um novo”.
Três ações concretas marcam o evento. É o encerramento do Ano da Esperança na Arquidiocese. E para levar esta virtude aos corações, a Festa da Unidade reforça a campanha Alimente a Esperança, Ajude Gramacho, que busca arrecadar alimentos, roupas e artigos de higiene pessoal para a comunidade localizada no antigo aterro sanitário de Jardim Gramacho, em Duque de Caxias. Em sinal da fé cristã, a Catedral recebe a exposição de presépios, de 21 de novembro a 21 de dezembro, com abertura na Festa da Unidade. E em oração pela cidade do Rio de Janeiro, haverá um momento de consagração, com link direto do Cristo Redentor.
Origem
A celebração surgiu a partir do lema do Cardeal Orani, “Que Todos Sejam Um”. O arcebispo, percebendo a extensa e diversificada geografia da cidade preocupou-se em construir a unidade a partir de um momento celebrativo. Como ocorre a cada ano, o evento é realizado na Solenidade de Cristo Rei, que encerra o ano litúrgico.
Programação
14h - Abertura com os músicos católicos
14h30min - Entrada da imagem de Nossa Senhora da Esperança
15h - Terço da Misericórdia
15h30min - Pregação: "A Esperança não decepciona" (Romanos 5,5)
16h15min - Unidade na missão
16h20min - Testemunho de um missionário
16h30min - Adoração
17h - Missa presidida pelo arcebispo, Cardeal Orani João Tempesta, seguida de procissão até os Arcos da Lapa para o show "Rio em Comunhão"
Sobre a Campanha Alimente a Esperança, Ajude Gramacho
As doações podem ser feitas no local do evento ou em qualquer paróquia da diocese de Duque de Caxias ou, ainda, no Hospital São Francisco na Providência de Deus (HSF), que fica na Rua Conde do Bonfim, 1.033, na Tijuca. O voluntariado também é uma forma de ajudar o projeto, que precisa de pessoas interessadas em atuar nas atividades educativas, sociais e religiosas; e profissionais da área de saúde (médicos, enfermeiros, dentistas e técnicos) para oferecer orientação e tratamento multidisciplinar. Interessados devem entrar em contato pelo tel. (21) 2571-6242.
Sobre a exposição de presépios
Cento e vinte presépios de diferentes partes do mundo poderão ser vistos na Catedral Metropolitana de 21 de novembro e 21 de dezembro. A exposição reúne peças dos cinco continentes e de todas as regiões do Brasil. A mais antiga delas, herança de família, data do século XIX. Além de representar a cena da Natividade de Cristo, os presépios apresentam traços da cultura e da história de seus locais de origem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...